Governador Ronaldo Caiado sanciona leis do Pacote Social

O governador Ronaldo Caiado sancionou, nesta terça-feira (14/03), o conjunto de leis do chamado Pacote Social, que cria quatro novos programas sociais no estado. O reforço na política de assistência à população vulnerável foi assinado no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, com a presença da coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado; do vice-governador Daniel Vilela, secretário de Relações Institucionais Lucas Vergílio e de deputados estaduais. 

Entre os programas está o Cofinanciamento Estadual de Assistência Social para os 246 municípios, que Caiado destacou como ação de governo idealizada e implementada por ele para garantir que a assistência social das prefeituras tenha condições de atender demandas emergenciais. “Isso é algo que nunca existiu, que nós implantamos no governo anterior e estamos dando continuidade para que a área social das prefeituras possa sobreviver a essas demandas”, frisou Caiado

Os novos programas receberão investimento de R$ 75,6 milhões ao ano. “O governador Ronaldo Caiado cumpre, mais uma vez, seu compromisso com a população de Goiás, principalmente com aqueles em situação de vulnerabilidade social. Hoje, sem dúvidas, é um marco pra essa gestão que preza pela melhoria na qualidade de vida das famílias do nosso Estado”, afirma Lucas Vergílio, Secretário de Relações Institucionais. “O governo de Goiás está implantando os melhores mecanizamos para podermos, juntamente com investimentos em educação e na qualificação da mão de obra, romper o ciclo da pobreza em Goiás.”

Deputado Talles Barreto e secretário de Estado de Relações Institucionais Lucas Vergílio

Os quatro programas são:

  1. Dignidade, que vai destinar um auxílio mensal de R$ 300,00 para idosos de baixa renda com idade entre 60 e 65 anos;
  2. Família Acolhedora, que vai capacitar e assistir famílias para receber crianças e adolescentes vítimas de violência;
  3. Goiás Por Elas, que prevê o repasse de R$ 300,00 mensais a mulheres vítimas de violência doméstica. 
  4. Cofinanciamento Estadual de Assistência Social para os 246 municípios

O pacote faz parte da política social do Governo de Goiás, que é definida por meio de estratégias do Goiás Social, sob a coordenação da primeira-dama. No evento, Gracinha Caiado afirmou que cuidar das pessoas é uma missão e agradeceu aos parlamentares: “Ninguém faz nada sozinho e os deputados representam os 7 milhões de goianos”, ressaltou ela.  Após a sanção, as leis devem ser publicadas no Diário Oficial do Estado.

Coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado

Em nome dos colegas, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, deputado Bruno Peixoto, afirmou que a Casa está em sintonia com o governo estadual no propósito de garantir dignidade à população do estado. “A Assembleia continuará dando respaldo às ações do Executivo voltadas para a melhoria da vida dos goianos”, disse. As proposituras receberam voto favorável inclusive de membros da oposição.

“Estou muito agradecido aos deputados. Isso só foi possível por causa do apoio que deram à nossa governabilidade, traduzido em resultados práticos para a população”, afirmou o governador. “É um núcleo grande de projetos, que promove cada vez mais a qualidade de vida das pessoas que precisam da mão forte do governo”, explicou Caiado.

 

Fotos: Adalberto Ruchele/ Fonte: Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás

Secretaria de Estado de Relações Institucionais

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.